critérios para credenciamento de orientador

I - Requisitos essenciais aos Docentes Permanentes

1. Curriculum Lattes/CNPq atualizado;

2. Título de Doutor em programa credenciado pelo Ministério da Educação há pelo menos 5 anos;

3. Experiência prévia em formação de Recursos Humanos (já ter concluído ao menos uma orientação em nível de Mestrado ou Doutorado ou IC/AP de alunos com bolsas);

4. Quatro ou mais trabalhos publicados em revistas qualis A ou B1, sendo pelo menos 2 como primeiro autor ou autor para correspondência, nos últimos 3 anos;

5. Ter condições laboratoriais e recursos financeiros vigentes para o desenvolvimento do projeto do aluno (coordenação de auxílios individuais ou temáticos, co-coordenador ou pesquisador principal de projetos temáticos ou outros equivalentes);

6. Linha de pesquisa que justifique, de forma resumida, os projetos que serão desenvolvidos dentro do programa;

7. Proposição de orientar pelo menos um aluno no programa e indicação do aluno;

8. Proposição de uma disciplina a ser ministrada a cada 2 anos, como responsável ou co-responsável.

II - Requisitos que serão valorizados nos processos de avaliação

1. Ter participação em atividades de graduação, aperfeiçoamento ou extensão;

2. Atuar em cooperações internacionais atestadas por publicações conjuntas, assessoria ad-hoc, corpo editorial de periódicos internacionais, entre outros;

3. Ser bolsista de produtividade do CNPq.

 

Considerações gerais:

O credenciamento será reavaliado anualmente, com base nos três últimos anos, quanto aos itens acima descritos, por uma Comissão de Avaliação designada pela CPG.

VI - Requisitos solicitados para Docentes colaboradores:

1. Recém-doutores que ainda não tenham orientações na pós-graduação (Pós-docs ou que tenham obtido título de Doutor há no máximo 4 anos);

Será essencial:

a. Três ou mais trabalhos publicados em revistas qualis A ou B1, sendo pelo menos 1 como primeiro autor ou autor para correspondência, nos últimos 3 anos;

b. Ser Pesquisador Colaborador em Auxílios à Pesquisa ou em Projeto Temático vigentes;

Será valorizado:

a. Experiência prévia em formação de Recursos Humanos (já ter concluído orientação de alunos de Iniciação Científica com bolsa ou de aperfeiçoamento);

2. Pesquisadores de outras instituições que se enquadrem nos critérios de docentes permanentes;

3. Pesquisadores que desenvolvem atividades de pesquisa correlatas cujo credenciamento se justifique para complementar a área de especialidade do Programa.

Considerações gerais:

O credenciamento como docente colaborador será considerado para cada novo aluno.

O credenciamento como docente permanente será avaliado após a conclusão da primeira Dissertação de Mestrado orientada no Programa, dentro dos critérios normais de avaliação de docentes permanentes.

O pedido de credenciamento deve ser solicitado pelo menos três meses antes da data de inscrição para o processo seletivo e a homologação será condicionada à aprovação de um aluno no Programa.​